Sindigás ” Fogás ensina dez dicas de como economizar o gás de cozinha; confira

Fogás ensina dez dicas de como economizar o gás de cozinha; confira

Posted By : Comments Off

Fonte: www.acritica.com

A partir de 2017, o valor de a botija do gás de cozinha tem sofrido diversos reajustes no Brasil. Sendo um dos produtos mais utilizados e que são indispensáveis nas residências brasileiras, tornou-se ainda mais importante saber como economizar o material e evitar o desperdício. Algumas atitudes na hora de cozinhar, fazem com que o combustível seja preservado e, principalmente, o dinheiro usado para a compra do vaso.

Para auxiliar nestas ações, a notícia em uma entrevista com a gerente de marketing da Fogás, Kelly Cavalcante, e preparou uma lista com 10 dicas para a economia do gás. A empresa que foi fundada pelos irmãos Samuel, Israel e Saul Benchimol é pioneira na distribuição de combustível para fogões em Manaus. Confira as dicas:

1. Tamanho da panela

A primeira dica é em relação às panelas utilizadas na hora da preparação da comida. É importante que a pessoa use uma panela de tamanho adequado à quantidade de alimento que você vai cozinhar. Quanto maior o tamanho da panela, maior será o tempo de aquecimento. “Às vezes, em casa, não temos muitas opções de panela ou temos uma para tudo, mas o ideal é que a pessoa tenha de diferentes tamanhos, já que ajuda na economia do gás”, diz Kelly.

2. Use uma tampa para a panela

Durante o cozimento, mantenha sempre as panelas bem tampadas para aproveitar melhor o calor. “Se você for fazer um ovo cozido, inclusive mediante o uso de uma panela pequena, mas não tampando, vai demorar muito mais para cozinhar. O ideal é usar a panela tapada, porque vai cozinhar mais rápido. Isso significa economia no gás”, explica a gerente de marketing da Fogás.

3. Cuidado com o fogo alto

Outra dica para economizar o gás de cozinha é diminuir a chama logo após o início da fervura. “Depois que começa a ferver, não precisa deixar em fogo alto. Pode reduzir a chama depois que chegar à temperatura de ebulição”, disse Kelly.

4. Usar a panela de pressão

Sempre que possível usar a panela de pressão para cozimentos mais longas. Ela cozinha em alta temperatura e consome menos gás. “Para a panela de pressão funciona bem e com segurança, é importante que ela também esteja em perfeito estado de conservação”, explica a gerente da empresa.

5. Use o forno no momento certo

Planeje bem o uso do forno. Cada vez que é ligado, há um grande consumo de gás. “O forno consome mais gás do que o uso de um queimador. Quando você ativa todos os queimadores do forno estão em uso ao mesmo tempo. Então, quanto maior o forno e mais tempo se fica em consumo mais gás é utilizado”, disse Kelly.

6. Acender o fogo

Se o forno não tem acendimento automático, a pessoa deve primeiro apagar o fósforo para depois liberar o gás. “O acendimento automático da cozinha é muito legal, mas nem todos são assim. Se a boca do seu fogão precisa ser ligada em fósforo, é importante que você acioná e depois de riscar o fósforo. Se você ligar o queimador e tomar para colocar o fósforo, vai gastar ainda mais gás e acaba sendo perigoso”, explicou Kelly.

7. Confira a validade do regulador e a mangueira do vaso

O controlador e a mangueira têm validade que pode impactar na economia da família. “Ambos têm uma validade de 5 anos, a partir da data de fabricação. Às vezes, a data de vencimento do controlador e a mangueira é a mesma, mas às vezes não. A pessoa deve manter um olho nos dois. Quando um deles ganha, não está em sua total funcionalidade, e acaba gastando mais gás, além de colocar em risco a segurança”, afirmou.

imagem08-01-2019-13-01-01
imagem08-01-2019-13-01-01

8. Limpeza dos bicos do fogão: ineficiência e perdas

A oitava faixa é em relação à limpeza dos bicos do fogão. A sujeira acaba prejudicando o desempenho da chama e o seu impacto no consumo do gás. “Nem sempre se limpam os orifícios do queimador. Eles são pequenos furos, mas com o passar do tempo vai caindo farinha, gordura, leite, e acaba obstruindo. Isto compromete a qualidade da chama. É bom deixar claro que a chama perfeita é a azul, porque a amarela ou laranja, não é de qualidade, e deixe o fundo da panela preto”, disse Kelly.

9. As cisternas para o tamanho da família

A primeira recomendação acaba gerando economia diretamente no bolso do consumidor. O ideal é que a família de escolher o tamanho do vaso, tendo em conta o seu consumo. “Se uma pessoa vive sozinha ou acabou de casar, ela pode optar por uma bombona de 5 quilos, porque o seu consumo de gás não é tão grande. Quem tem uma família maior, a partir de 4 pessoas, você pode usar a de 13 quilos”, comentou.

10. A Aplicação Fogás

Uma forma de economizar é fazer uma pesquisa de preço. O App Fogás está disponível nas plataformas IOS e Android e oferece os serviços mais completos para os consumidores, como o preço do produto de revenda, prazo de entrega e avaliação das chamadas anteriores. Os clientes podem ver os valores das cisternas em concessionárias mais próximas de casa, de acordo com o filtro que você deseja.